"Se não te agradar o estylo,e o methodo, que sigo, terás paciência, porque não posso saber o teu génio, mas se lendo encontrares alguns erros, (como pode suceder, que encontres) ficar-tehey em grande obrigação se delles me advertires, para que emendando-os fique o teu gosto mais satisfeito"
Bento Morganti - Nummismologia. Lisboa, 1737. no Prólogo «A Quem Ler»

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Renascimento – Avaliações e Leilões S.A. – Leilão de 17 de Fevereiro




Catálogo

Trata-se do leilão duma importante biblioteca que decorrerá no dia 17 de Fevereiro de 2011 às 21h30 na sede desta empresa leiloeira na Rua Agostinho Lourenço (ao Areeiro) 20 C em Lisboa. Os lotes estarão em exposição no mesmo local nos dias 13 das 15h às 20h00 e nos dias 14 e 15 de Fevereiro das 11h às 20h00.

É um leilão com algumas obras de bastante interesse, que cobrem praticamente todos os campos da bibliofilia, desde o livro antigo até a literatura moderna, não esquecendo os sempre apreciados manuscritos, das quais deixo aqui alguns dos seus lotes como ideia meramente ilustrativos que não só pela sua raridade.



Na literatura portuguesa, sobressaem alguns escritores com António Botto, ainda que sem nenhuma das suas peças mais procuradas (lotes 80 a 84), Camilo Castelo Branco (lotes 91, 92 e 114), E. M. de Melo e Castro (lotes 119 a 134), Ferreira de Castro (lotes 136 a 139), Ana Hatherly (lotes215 a 219), Herberto Helder (lotes 220 a 224), Wenceslau de Moraes (lotes 312 e 313), Luiz Pacheco (lotes 341 a 346) e Alves Redol (lotes 403 a 408) entre outros.



034 A. P. D. G. – SKETCHES OF PORTUGUESE LIFE, MANNERS, COSTUME, AND CHARACTER. Illustrated by twenty coloured plates. London. Printed for Geo B. Whittaker. 1826. In-8º de XXV, [1], 364 págs. Enc.

Muito raro. Ilustrado com 20 belas águas-tintas em forma de caricatura, que representam os usos e costumes do povo português. Em magnifico estado de conservação. Encadernação mais recente meia de chagrin.



063 BARTOLOZZI. 6 Álbuns, contendo 234 gravuras a negro, sépia, sanguínea, etc., muitas delas são provas, não tendo quaisquer legendas. Montadas em folhas de cartolina, mas de fácil remoção. 6 Vols. In-4º Encs. 


Conjunto precioso. Encadernações meias de chagrin.



110 CARTARI, Vicenzo. – IMAGINI // DELLI DEI DE GL’ANTICHI // DI VICENZO CARTARI REGGIANO. // Ridotte da capo a piedi alle loro reali, & non piu per l’adietro // osservate simiglianze. // Cauate da’Marmi, bronzi, medaglie, Gioie, & altre memorie antiche; con // esquisito studio, & particolare diligenza // Da Lorenzo Pignoria Padoano. // ... // In Venetia. Presso Tomesini. MDCXLVII. In-8º de XXIV, 400 págs. Enc.


Rara edição, ilustrada com dezenas de estampas no texto e duas em separado, que representam figuras simbólicas, extraídas da obra de Homero, Virgílio, Ovídio, Catulo, etc. O suplemento de Lorenzo Pignoria, ocupa-se dos deuses índios. O frontispício espelhado e um pouco sujo. De resto em magnifico estado de conservação. Brunet, Tome I, cols. 1600/1601, refere esta edição como a mais bela e completa das várias publicadas. Encadernação inteira de pele do séc. XIX.



249 LA FONTAINE, J. de. – FABLES // CHOISIES, // MISES EN VERS // PAR... // A Paris. Imprimerie de Valade. M.DCC.LXXXIII. 2 Vols. In-Fólio. Encs.

 

Edição monumental de grande aparato, ilustrada com 245 gravuras de J. B. Oudry e gravadas por P. Aveline, Chenu, M. Marvie, P. Martenasie, Chedel e outros. Encadernações da época inteiras de carneira, com ferros a ouro nas lombadas e pastas. Dourados por folhas. Em magnifico estado de conservação.
Peça de colecção.



357 PAXTON, Joseph. – PAXTON’S MAGAZINE OF BOTANY AND REGISTER OF FLOWERING PLANTS. I Volume (ao Volume XVI). London. Published by W. S Orr & Co. 1846 (a 1849). 16 Vols. In-8º Encs.



Colecção completa. Publicação valiosa, sobretudo pelo grande número de estampas a cores, cerca de 800, que reproduzem variadas espécies de flores, primorosamente reproduzidas a cores, algumas em folhas duplas, além de grande número de pequenas gravuras no texto. Encadernações meias de pele.



478 THEATRUM HISPANIAE, // EXHIBENS // Regni Urbes, Villas ac Viridaria magis illustrata. // Het aanmerkelykst en voortrsselykste in // SPANJEN, // Vertoond in haar voornaamste Steden en Koninglyke Paleizen, als Madrid en haare // uytmuntende Gebouwen en Gezichten, benevens Granada, Toledo, Sivilien, Cadix, // Lissebon, Burgos, Segovia, Barcelone, enz: Wyders een curieuse afbeelding // van het Escurial, Aranjues, Prado, Buen Retiro, Casa del Campo, enz: // ... // By Pieter Van Der Berge, Kunstverkoper in de Kalverstraat, bezyden de Kapel,... S. Data. (1660 ou 1725). In-4º de [2] págs. e 75 Gravuras. Enc.

Obra de grande raridade. Segundo Palau, Tomo XXIII, pág. 138, publicaram-se duas edições desta obra, cerca de 1660 e 1725. Este exemplar deve pertencer à edição de 1725, tendo o frontispício em holandês, espanhol e francês. Ilustrada com 75 gravuras, abertas a buril em chapa de cobre, uma delas representando um plano de Madrid em folha desdobrável de grandes dimensões. No que respeita a Portugal, contém 7 estampas de Lisboa, 1 de Braga e 1 de Coimbra. Algumas folhas com restauros marginais que não afectam as gravuras, excepto o plano de Madrid, que tem um rasgão restaurado. Encadernação moderna meia de pele.

Nos manuscritos, merece destaque pela sua elevada qualidade, este exemplar:



289 MANUSCRITO. - Carta de D. Manuel I em que confirma o Alvará do Duque de Bragança, pelo qual fizera cavaleiro Diogo Machado, morador na Vila de Goes por feitos em Azamor. Datada de Almeirim, 30 de Janeiro de 1514. Assinatura do Rei. 1 Fl. em pergaminho. Medidas: 24,5x15,5cm. Manuscrito precioso, bem conservado e muito legível.

Destaque para um excelente conjunto da famosa polémica “Eu e o Clero” que teve como um dos principais intervenientes Alexandre Herculano (lote 391)



E, por último, faço referência à presença de vários exemplares de “D. Quixote de la Mancha” de Cervantes (lotes 418 a 431)



Algumas revistas literárias também se encontram para venda: Búzio (lote 96), Crisol (lote 157) e Presença, ainda que incompleta (lote 385)



157 CRISOL. Numero 1. Lisboa. Cooperativa Sal da Terra. 1983. In-4º de 39, [1] págs. Br.

Único volume publicado. Coordenação de José Carlos González e José Alberto Marques. Coordenação artística de António Castilho. Colaboração de Luis Pignatelli, José Carlos Gonzalez, Apeles Espanca, Eufrázio Filipe, Fernando Fernandes, José-Alberto Marques, Manuel Maria, João Rui de Sousa, Veiga Luis, Wanda Ramos, João Vieira, Alexandre Vargas, Manuel da Costa Leite, Luis Veiga Leitão, E. M. de Melo e Castro. Possui junto um saquinho com o título Cromos Crisol, contendo 18 cromos que formam no texto 2 desenhos.


Lote 486

Muitas outras obras poderiam e mereceriam ser descritas, mas isso fica ao cuidado da vossa sensibilidade coleccionista e gosto pessoal.

Espero que apreciem este belo catálogo e, sobretudo, que pela sua consulta tenham encontrado algum pormenor que enriqueça os vossos conhecimentos bibliófilos.

Saudações bibliófilas.


2 comentários:

Bach disse...

Muito interessante. Eu no estou familiarizado com a literatura portugueisa y penso que os catálogos som moito uteis para aprender.
Un saludo.
Alfonso.

rui disse...

Bach,

Por pensar que a nossa literatura, e não só a nossa bibliofilia, é mal conhecida por muitos dos meus leitores no estrangeiro é que eu faço a divulgação dos catálogos destes leilões.

Sempre se pode tomar um primeiro contacto com o tema, depois … bem aí terá de ser o trabalho de pesquisa de cada um consoante os seus interesses.

Mesmo eu, que não sou nenhum perito iminente – muito longe disso – aprendo muito com a sua consulta.

Aliás tenho um amigo bibliófilo francês que me disse que a melhor forma para conhecer a bibliofilia da França era a leitura e consulta dos catálogos de leilões das bibliotecas dos grandes bibliófilos franceses ou por eles elaborados.
Sinceramente penso ter sido um bom conselho.

Um abraço