"Se não te agradar o estylo,e o methodo, que sigo, terás paciência, porque não posso saber o teu génio, mas se lendo encontrares alguns erros, (como pode suceder, que encontres) ficar-tehey em grande obrigação se delles me advertires, para que emendando-os fique o teu gosto mais satisfeito"
Bento Morganti - Nummismologia. Lisboa, 1737. no Prólogo «A Quem Ler»

sábado, 20 de novembro de 2010

Livraria Castro e Silva – Salón del Libro Antiguo - Madrid 25-28 Novembro 2010





A Livraria Castro e Silva, como sempre vocacionada para o mercado do livro antigo, vai estar presente no XIII Salón del Libro Antiguo – Madrid 2010, que decorrerá no Hotel Miguel Angel de 25 a 28 de Novembro 2010.

Este Catálogo reúne algumas obras de inegável qualidade e raridade, das quais deixo alguns exemplos escolhidos um pouco ao acaso:

 

2. ADRICHEM VAN DELFT, Christian. CRONICON DE CHRISTIANO ADRICOMIO DELFO. TRADUCIDO DE LATIN EN Español por Don Lorenço Martinez de Marcilla, Cavallero de la Orden de Calatrava, Conde de Montoro, Virrey, y Capitan General del Reyno de Mallorca, &c. Año 1679. EN MADRID: En la Imprenta Imperial. A costa de Juan Martin Merinero, Mecader de Libros. In 8.º Encadernação da época em pergaminho.

 



7. ANDRADE, Carlos Manuel de. LUZ DA LIBERAL, E NOBRE ARTE DA CAVALLARIA, LISBOA, NA REGIA OFFICINA TYPOGRAFICA. ANNO M. DCC. XC. (1790) In fólio. Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro e nervos na lombada. Ilustrado com o retrato de D. João VI em anterrosto, 2 vinhetas e 93 gravuras extra texto, algumas desdobráveis, tudo magnificamente desenhado por Carneiro da Silva e gravado por Frois. Obra máxima da tipografia portuguesa do século dezoito, famosa e valiosa internacionalmente, praticamente única no seu género entre nós e possivelmente o melhor tratado equestre da sua época a nível mundial. Exemplar em perfeito estado de conservação, na impressão desta obra muito nítida foi utilizado papel de grande qualidade. Tiragem de 1000 exemplar.

 





30. CHAUMETON, Francois Pierre. FLORE MÉDICALE, Décrite par F. P. Chaumeton, docteur en médecine, peinte par Mme. E. P[anckoucke], et par P. J. F. Turpin. Paris, C.L.F. Panckoucke, éditeur du Dictionnaire des Sciences Médicales, 1814-1818. 6 volumes. In 8.º de 20x12 cm. Encadernação da época inteira de pele mosqueada nas pastas com efeito marmoreado, as lombadas lavradas com finos ferros a ouro, rótulos vermelhos. Obra publicada originalmente em fascículos (correspondendo 90 entregas/livraisons entre 1814-1820)



40. GARMA Y DURAN, D. Francisco Xavier de. ADARGA CATALANA, ARTE HERALDICA Y PRACTICAS REGLAS DEL BLASON, con ejemplos de las piezas, esmaltes, y ornatos de que se compone un Escudo, interior, y exteriormente. Por D. Francisco Xavier de Garma, y Duràn, Secretario del Rey nuestro Señor y su Archivo General de la Corona de Aragon, y Académico de la Academia Real de Barcelona. Barcelona. En la Imprenta de Mavro Martì. Año 1753. In 8.º 3 volumes encadernados em 2. Encadernações da época em pergaminho. Ilustrado a água-forte, com 2 anterrostos gravados e assinados Garma delin, Anastasio Lleopart e Ignasi Valls scul. 2 vinhetas decorativas e 37 gravuras, algumas desdobráveis com cerca de 1500 escudos heráldicos. Palau, III 320. «Obra buscada y que se ha hecho rara.

 

41. GIRARD, Jaques François. L’ACADEMIE DE L’HOMME D’ÉPÉE OU LA SCIENCE PARFAITE DES EXERCICES DEFFENSIFS ET OFFENSIFS, EN 116. PLANS EN TAILLE DOUCE. A LA HAYE, CHEZ JEAN VAN DUREN, 1755. In fólio oblongo. Ilustrado. Encadernação da época inteira de pele.





49. KELLERHOVEN, F. LA LÉGENDE DE SAINTE URSULE. Princesse Britannique et ses onze mille vierges. D’Après les anciens tableaux de l’église de Sainte-Ursule a Cologne reproduits en chromolitographie. Publié par… texte par J. B. Dutron. Planches et texte inèdits. Chez l’Auteur. Impressions lithochromiques par Hangard Maugé. Typographie par Simon Raçon. Paris. 1860. In fólio. Encadernação da época inteira de chagrin vermelho.

 



60. MANUSCRITO - BLASON DE LAS ARMAS, ORIGENS Y DESCENDENCIA de los linajes de los de La Vega, Guerra, Guerreros, Bustamantes, Calderones, con toda la sua notoriedad e diferencia de armas y apellidos... 1667. In-fólio de 31,5 x 22 cm. Com (11) - 148 fls. mss. em papel, e 2 fls em pergaminho contendo dois brasões iluminados de página inteira, de belíssima execução, pintados a lindas cores. Encadernação inteira de pergaminho da época. Contém ainda seis pequenos brasões iluminados no texto.






61. MANUSCRITO – CARTA EXECUTÓRIA SÉCULO XVII – FILIPE III. dada “En la noble Villa de Talavera diezysiete dias del mes de Junio de mill y seiscentos y ocho”. Isentando ConJoan Sigler de Esnada e sua esposa de “pechar” (pagar imposto aplicado aos moradores que não pertenciam à nobreza local ou filhos de algo) certificada pela chancelaria de Valladolid. In fólio de 28x29 cm. Com 34 fólios manuscritos sobre papel. Iluminado com o brasão de armas iluminado a cores sobre pergaminho. Encadernação da época inteira de pele belamente decorada com ferros a ouro nas pastas cercadura e florões com motivos vegetalistas, apresenta alguns picos de traça nas guardas.

 

92. SANTA MARIA, Francisco de. O CEO ABERTO NA TERRA HISTORIA DAS SAGRADAS CONGREGAÇÕES dos Conegos Seculares DE S. JORGE EM ALGA DE VENESA, E DE S. JOAÕ EVANGELISTA EM PORTUGAL. LISBOA. Na Officina de MANOEL LOPES FERREYRA. 1697. In fólio de 35x23,5 cm. Encadernação da época inteira de pele com nervos e ferros a ouro na lombada, super-libris de D. Pedro II. Ilustrado com magnifico frontispício gravado. Exemplar da tiragem especial de grande formato e da biblioteca rei D. Pedro II, com margens muito generosas e impresso sobre magnifico papel de linho muito alvo e encorpado. Folha de rosto impressa a três cores vermelho, negro e verde.





97. SOLINO, Júlio. IOANNIS CAMERTIS MINORITANI, ARTIVM, ET SACRAE THEOLOGIAE DOCTORIS, IN. C. IVLII SOLINI [polistora] / ENARRATIONES. Additus eiusdem Camertis. In fólio. Encadernação recente com lombada em pergaminho e pastas em papel decorativo.

Para os que não poderão estar presente convido-os a uma consulta detalhada deste Catálogo, pois encontrarão seguramente exemplares que vos despertarão algum interesse, para aqueles que se irão deslocar ao Hotel Miguel Angel, nunca será demais uma consulta prévia para uma visita mais criteriosa.

No entanto, todos ficarão mais enriquecidos, nos seus conhecimentos, pela consulta deste mesmo Catálogo.

Saudações bibliófilas.


2 comentários:

Galderich disse...

¡Esto es un festival! Gracias por destacar la Adarga Catalana, un buen guiño ;-)
Me han pasado el catálogo de las librerías que participarán en este evento y porque no puedo ir (o quizá porque no debo ir...) porque sino es un lujo para los ojos.

rui disse...

Galderich,

De facto o Salão de Madrid deve ser um festival e um luxo para os olhos, como muito bem dizes, o pior é que diante de tantas belezas não consigamos, na maioria dos casos, resistir à tentação de comprar algum “livrito” … para grande mal da nossa bolsa.

Como tal, se calhar, é mesmo melhor ficar em casa!

Um abraço