"Se não te agradar o estylo,e o methodo, que sigo, terás paciência, porque não posso saber o teu génio, mas se lendo encontrares alguns erros, (como pode suceder, que encontres) ficar-tehey em grande obrigação se delles me advertires, para que emendando-os fique o teu gosto mais satisfeito"
Bento Morganti - Nummismologia. Lisboa, 1737. no Prólogo «A Quem Ler»

sexta-feira, 13 de julho de 2012

VERITAS Art Auctioneers – Leilão 12: Livros e Manuscritos


Penso que a presente época de leilões irá encerrar com este e, em face da qualidade das obras presentes, poderemos dizer que fechará com “chave de ouro”.



No seu comunicado de imprensa de 10 de julho de 2012 Catarina Alfaia escreve sobre este evento:

¶ Atlas de Ptomoleu no primeiro leilão de livros e manuscritos

“Uma majestosa edição quinhentista do Atlas de Ptolomeu protagoniza aquele que é o primeiro leilão de livros e manuscritos organizado pela VERITAS - Art Auctioneers, que terá lugar no próximo dia 18 de Julho, em Lisboa, pelas 21h00.

Com o número de lote 194, é uma obra de extrema raridade encadernada de época (a lombada terá sido alvo de restauro provavelmente no século XVII) e ilustrada com 50 mapas - 49 dos quais de página dupla. Esta obra inclui um conjunto de vinhetas e gravuras atribuídas a Albrecht Durer e integra o leilão com uma base de licitação de 10 a 20 mil euros.

Luís Gomes, responsável pela selecção de livros e manuscritos deste leilão, salienta também a preciosa edição da obra de Dante Alighieri (1529, lote 79) e «o primeiro livro impresso com caracteres “Didot” (“Virgílio”, 1798, lote 265), edição de grande aparato gráfico usada numa exposição universal para divulgação dos famosos caracteres tipográficos».

Do conjunto, merecem ainda particular destaque um raro exemplar da “Colleçaõ de algumas ruinas de Lisboa causadas pelo terremoto e pelo fogo do primeiro de Novembro do anno de 1755” (Lisboa, 1757, lote 185), a colecção completa em 15 volumes da primeira edição dos Sermões do Padre António Vieira (lote 265) e a dissertação que António de Oliveira Salazar apresentou em 1916 para o concurso de assistente na Universidade de Coimbra (“O ágio do ouro”, lote 212).

Os 268 lotes que compõem o catálogo deste leilão de Livros e Manuscritos (disponível em www.veritasleiloes.com) podem ser vistos na galeria VERITAS Av. Elias Garcia, 157A/B, em Lisboa, de 12 a 16 de Julho, entre as 10h00 e as 22h30.”

Do conjunto de obras presentes para este leilão, cujo catálogo foi organizado por Luis Gomes, destaco aquelas que me despertaram o meu interesse – algumas pela sua temática outras pela sua encadernação – e, obviamente, não esquecerei as grandes raridades.



Lote 33. BIEL, Emílio, (1838-1915), (ed.) – A arte e a natureza em Portugal. Album dephotographias com descripções; clichés originaes; copias em phototypia inalteravel; monumentos, obras d’arte, costumes, paisagens. Porto : Emilio Biel & c.ª - Editores, 1902. 8 vols. de formato oblongo (30x40 cm) Il. Encadernações de editor.



Bom exemplar. Com alguns pequenos defeitos (manchas) nas encadernações.
Obra ilustrada com mais de 300 reproduções fotográficas de grande formato.





Lote 54. Carta Executoria de Hidalguia – Carta Executoria de Hidalguia patente em nome de Carlos III (1759-1788) certificando o estatuto de nobreza e Brazão de armas de Don Thomas Ortiz, Morales, Sarmiento, y Romero da cidade de Sevilla En Madrid à once de Diziembre de 1775. Manuscrito sobre pergaminho. In-fólio (31x23 cm) de 17 ff. Enc. Encadernação original em carneira encarnada com ferros a ouro nas pastas e lombada, guarda em seda encarnada para protecção do brasão de armas iluminado. Frontispício iluminado com o brasão de armas da família, em página inteira.



Portada com selo real enquadrado por estandartes, emoldurados por bonito trabalho de miniatura, profusamente colorido, com motivos vegetalistas. Capitulares iluminadas, texto enquadrado por cercadura constituída por duas linhas encarnadas, em todos os fólios. Com vestígios de mancha de água, à margem de todos os fólios junto à goteira (lado direito do livro quando fechado), visíveis no material de suporte (pergaminho).



Ainda assim, é uma bela e rara peça de colecção.



Lote 67. CHERVILLE, Gaspard Georges Pescow, Marquis de, (1821-1898) – Le gibier poil – Les quadrupèdes de la chasse, description - moeurs - acclimatation - chasse. Paris : J. Rothschild, Éditeur, 1885. In-8vo. (20 cm) de [6], 229, [4] pp. Il. Enc.

Bonito livro de caça com encadernação editorial em percalina decorada com motivos cinegéticos a ouro e a cores nas pastas e lombada. Bom exemplar. Ilustrado com 30 ilustrações a água-forte, em extratexto, e 74 ilustrações no texto por Karl Bodmer.



Lote 76 COSTA, Cristovão da, – Trattato di Christoforo Acosta Africano medico, & chirurgo. Della historia, natura, et virtu delle droghe medicinali, & altri semplici rarissimi, che vengono portati dalle Indie Orientali in Europa, con le figure delle piante ritratte, & disegnate dal vivo poste à luoghi proprii. Nuouamente recato dalla Spagnuola nella nostra lingua. Com due indici, vno decCapi principali, l’ altro delle cose di più momento, che si ritouano in tutta l’Opera. Venetia : Presso à Francesco Ziletti, 1585. In-4to. (24 cm) de [50], [2 brancas], 342 (aliás 340) pp. Enc.



Muito bom exemplar, encadernação da época em pergaminho, com o titulo caligrafado a lombada, vestígios de atilhos. Apresenta na guarda branca, no rosto e nas páginas 25 e 105 um ex libris a óleo (carimbo). Completo apesar de existir um erro de paginação: da pág. 296 passa para a 299.



Primeira edição italiana, a original foi publicada em castelhano (Burgos, 1578). Profusamente ilustrado no texto com xilografias, algumas de página inteira, representando toda a sorte de plantas exóticas. Inclui um capítulo, ilustrado, sobre o elefante. Livro de grande beleza e raridade.

Inocêncio 2, 68 ; Palau 1, 55.





Lote 79. DANTE ALIGHIERI (1265-1321) – Comedia di Danthe Alighieri poeta diuino: cõ l’espositione di Christophoro lãdino: nuouame[n]te impressa: e con somma dilige[n]tia reuista & eme[n]data: & di nuouissime postille adornata. [No colofon] Stãpato in Venetia per Iacob del Burgofrãco, Pavese. Ad instãtia del nobile messere Lucantonio giuta, Fioretino. Nellanno del nostro signor. M.D. XXIX. A di XXIII. di genaro. (23 Jan. 1529) Venetia : Jacob del Burgofraco, 1529. In-4to. (30 cm) de [12], CCXCV, [1] ff. : ill. (xilogravuras). Enc.





Apesar de alguns defeitos menores – pequenos furos de traça marginais em alguns fólios, 4 rabiscos infantis a lápis de cor azul e encarnado em outros tantos fólios, pequenos restauros antigos, rosto e últimos fólios – o exemplar encontra-se em bom estado de conservação.



Rosto com os títulos impressos a preto e encarnado dentro de uma cercadura xilográfica, retrato do autor em página inteira e inúmeras vinhetas alegóricas no corpo do texto. Preciosa e raríssima edição deste universal e intemporal clássico.

Adams D-92.



Lote 131. HERCULANO, Alexandre, (1810 –1877) – A voz do propheta. Ferrol (e Lisboa) : Typ. Patriotica de Carlos José da Silva e Companhia, 1836 (e 1837). 2 Opúsculos. In-8vo. (20 cm) de 35, [1] pp. e 32 pp. Cart.

Cartonagem recente. Exemplar em razoável estado de conservação, com falta da capa de brochura do primeiro opúsculo. Primeira edição, rara.



Lote 144. LACERDA, Bernarda Ferreira de, (1595-1644) – Soledades de Buçaco por Doña Bernarda Ferreira de Lacerda. A las religiosas carmelitas descalças del convento de S. Alberto de Lisboa. Lisboa : Mathias Rodrigues, 1634. In-8vo. (13 cm) de [frontispício], [7], 121, [7] ff. Enc.

Encadernação antiga em inteira de pele castanha, restaurada, com rótulo e ferros a ouro na lombada. Exemplar com restauros. Obra composta por vinte romances octossílabos em castelhano e várias poesias em castelhano, português, latim e italiano. Inocêncio considera esta obra pouco vulgar e estimada.

Inocêncio 1, 355-356.





Lote 160. MARRACCI, Lodovico, (1612-1700) – Alcorani textus universus ex correctioribus Arabum exemplaribus (...) descriptus (...)ex Arabico idiomate in latinum translatus; Appositis unicuique capiti notis, atque refutatione: His omnibus praemissus est Prodromus Totum priorem tomum implens (...) auctore Ludovico Marracci, Patavii (Padua) : Ex Typographia Seminarii, 1698. 2 vols. em 1. In-fólio (36 cm) de [4], 45, [5], 46, [2], 81, [3], 94, [10], 127, [11] ; [8], 17, [3], 838, [12] pp. Enc.





Muito bom exemplar, encadernação coeva inteira de carneira com nervos, rótulo e ferros a ouro na lombada, corte das folhas carminadas. Edição bilingue, latim e árabe, impressa a duas colunas. Tradução e comentários de Ludovico Marracci, esta edição, pela sua qualidade, serviu de base a muitas das edições subsequentes. Esta edição está entre as mais belas e importantes edições do Corão impressas até ao século XIX. Raro.

Brunet III, 1307.



Lote 161. [MASCARENHAS, José Freire de Monterroyo, (1670-1760)] – Relaçam de hum prodigio sucedido em huma das cidades da provincia do Paraguay, neste anno passado de 1735. Traduzida fielmente de outra mandada do proprio paiz a hum cavalheiro da primeira grandeza de Hespanha. Lisboa Occidental : Na Officina de Antonio Correa Lemos, 1736. Opúsculo. (20 cm) de 6, [2] pp. Ilustrado com 1 gravura. Cart.



Exemplar em bom estado de conservação. Inocêncio atribui a autoria deste opúsculo, publicado anónimo, a Monterroyo Mascarenhas, que teria sido autor de outros do mesmo género, quaisquer deles raríssimos.

Inocêncio 4, 349.



Lote 171. MONTESQUIEU, Charles-Louis de Secondat, baron de La Brède et de, (1689-1755) – De l’esprit des loix, ou du rapport que les loix doivent avoir avec la constitution de chaque gouvernement, les moeurs, le climat, la religion, le commerce, etc. (...) Nouvelle edition corrigée par l’auteur, & augmentée (...). Genève : Chez Barrillot & Fils, 1750. 3 vols. In-8vo. (17 cm) de [2], XXVIII, 447, [1] ; [2], XXIII, [1], 427, [3] ; [2], XXII, 609, [3] pp. Encs.



Encadernações modernas em inteira de carneira com rótulos e nervos na lombada. A primeira edição saiu em 1748 e foi automaticamente colocada no Index ainda assim, esta obra foi um sucesso editorial, com edições quase simultâneas por toda a Europa. Bom exemplar, pouco vulgar.



Lote 180. Oficio de la Semana Santa. Segun el Missal, y Breviario Romano. Que se publicaron por mandado de Su Santidad Pio V. y se reconocieron por comission de Su Santidad Clemente VIII. y Urbano VIII. Amberes : Emprenta Plantiniana, 1725. In-8vo. (17 cm) de 539, [1] pp. Il. Enc.

Bom exemplar deste devocionário impresso a duas cores, preto e encarnado e ilustrado por 5 gravuras de página inteira abertas em cobre. Magnífico trabalho de encadernação oitocentista, que resulta num espectacular rendilhado a ouro sobre pele encarnada.



Lote 194. PTOLEMEU, Cláudio, (ca. 90 – ca. 168) – Claudii Ptolemaei geographicae enarrationis libri octo Bilibaldo Pirckeym hero interprete Annotationes Ioannis de Regio Monte in errores commissos a Iacobo Angelo in translatione sua. [no colophon, que falta a este exemplar: …Argentorati, Iohannes Grieningerus, communibus Iohannis Koberger impensis excudebat. Anno a Christi nativitate M.D. XXV (1525) tertio Kal. Apriles]. Atlas, in-fólio (41 x 27 cm), de 82, [98 que correspondem a 50 mapas],[46 (de 48)] ff. Il. Encs.



Apresenta algumas manchas marginais em alguns fólios bem como algum (pouco) trabalho de traça, intonso. Encadernação de época (com a lombada restaurada provavelmente no século XVII), com pastas em madeiras recobertas de carneira com ferros a seco nas pastas, vestígios de fechos. Ilustrado com 50 mapas, 49 de página dupla e de apenas uma página, e por inúmeras vinhetas e gravuras que enquadram o texto atribuídas a Albrecht DURER que é também o autor da carta de ventos que aparece no verso do fólio 69.



Apesar da falta dos 2 fólios finais, onde deveria estar o colophon este é um bom exemplar. Obra de extrema raridade.



Lote 196. QUEVEDO Y VILLEGAS, Francisco de, (1580-1645) – Obras de Don Francisco de Quevedo y Villegas, (...) Tomo primeiro. [-tercero] Madrid : por Juan de Ariztia : a costa de Francisco Laso, 1724. 3 vols. In-4to. (21 cm) de [16], 608 ; [4], 603, [1 branca] ; [16], 1-74, [12], 97-301, [12] pp., Il. [1 grav. desd.], Encs.

Exemplar em razoável estado de conservação, apresenta algumas manchas desvanecidas, encadernações coevas inteiras de carneira mosqueada com rótulos, nervos e ferros a ouro nas lombadas.

Palau 14, 370.
Referência: BnF on-line http://catalogue.bnf.fr/



Lote 197. QUEVEDO Y VILLEGAS, Francisco de, (1580-1645) – El Parnasso español, monte en dos cumbres, dividido con las nueve Musas, castellanas. Donde se contienen poesias (…) [Las tres musas ultimas castellanas. Segunda cumbre del Parnaso español. (…)] Madrid : por Juan de Ariztia : a costa de Francisco Laso, 1724. 2 vols. In-4to. (21 cm) de [16], 558, [18] ; 338, [10] pp. Encs.



Exemplar em razoável estado de conservação, apresenta algumas manchas desvanecidas pelo tempo, encadernações coevas inteiras de carneira mosqueada com rótulos, nervos e ferros a ouro nas lombadas. Obra lustrada no texto com bonitas xilogravuras que representam as Musas Clio, Polymnia, Melpomene, Erato, Terpsichore, Thalia, Euterpe e Caliope.

Palau 14, 403.


Lote 204. RIGAUD, Lucas, (fl. 1780) – Le Règne végétal, divisé en traité de botanique générale, flore médicale et usuelle, horticulture botanique et pratique (...) histoire biographique et bibliographique de la botanique.(...). Paris : L. Guérin, [s.d. 1870–71?]. 17 vols. In-4to. (28 cm) Ilustrados. Encs.



Encadernações coevas meia francesa em marroquim encarnado com títulos e ferros a ouro nas lombadas. Bom exemplar, todos os volumes apresentam algumas pequenas manchas de acidez.
Colecção completa, 9 vols. de texto e 8 de gravuras.



Lote 261. VIEIRA, Pe. António, 1608-1697, S.J. – Sermoens do P. Antonio Vieira, da Companhia de Jesu, (...) Primeyra parte dedicada ao Principe, N.S. [gravura em madeira com trigrama da Companhia de Jesus] (...) Lisboa: na Officina de Ioam da Costa. 1679. In-4to. (21 cm) de [22], (1118 colunas 2 por página), [107] pp. - (...) Segunda parte. Dedicada no panegyrico da Rainha Santa ao serenissimo nome da princeza N. S. D. Isabel... Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1682. In-8vo. (21 cm) de [8], 470, [60] pp. - (...) Terceira parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1683. In-8vo. (21 cm) de [10], 574, [2] pp. - (...) Quarta parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1685. In-8vo. (21 cm) de [12], 600 pp. - (...) Quinta parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1689. In-8vo. (21 cm) de [12], 624 pp. - (...) Sexta parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1690. In-8vo. (21 cm) de [8], 595, [1 branca] pp. - (...) Septima parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1692. In-8vo. (21 cm) de [4], 558 pp. - Xavier dormindo, e Xavier acordado: dormindo, em tres orações panegyricas no triduo da sua festa, dedicadas aos tres principes que a Rainha Nossa Senhora confessa dever à intercessaõ do mesmo santo, acordado, em doze sermoens panegyricos, moraes, & asceticos, os nove da sua novena, o decimo da sua canonizaçaõ, o undecimo do seu dia, o ultimo do seu patrocinio... Oitava parte. Lisboa : na Officina de Miguel Deslandes, 1694. In-8vo. (21 cm) de [24], 536 pp. - Maria rosa mystica. Excellencias, poderes, e maravilhas do seu rosario, compendiadas em trinta sermoens asceticos, & panegyricos sobre os dous Evangelhos desta solemnidade novo, & antigo: offerecidas a soberana magestade da mesma senhora... I. Parte. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1696. In-8vo. (21 cm) de [8], 521(i.e. 554 erro de pag. Que segue 146- 178), 46 pp. - Maria rosa mystica. (...) II. Parte. Lisboa: na Impressaõ Craesbeeckiana, MDCLXXXXVIII (1698) In-8vo. (21 cm) de [8], 518, 32, 24 pp. -...undecima parte, offerecida à Serenissama Rainha da Grã Bretanha. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1696. In-8vo. (21 cm) de (frontis.), [18], 590, 23, [1 branca] pp. -... Parte duodecima dedicada á purissima conceiçaõ da Virgem Maria Senhora Nossa. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1699. In-8vo. (21 cm) de [20], 441 [1] pp. - Palavra de Deos empenhada, e desempenhada: empenhada no sermam das exequias da Rainha N. S. Dona Maria Francisca Isabel de Saboya; desempenhada no sermam de acçam de graças pelo nascimento do Principe D. Joaõ primogenito de Suas Magestades, que Deos guarde. Prègou hum, & outro o P.Antonio Vieyra (...) o primeiro na igreja da Misericordia da Bahia, em 11. de Setembro, anno de 1684 o segundo na Cathedral da mesma cidade, em 16. de Dezembro, anno de 1688. Lisboa: na Officina de Miguel Deslandes, 1690. In-8vo. (21 cm) de [16], 260 pp. -...Tomo XIV. Obra posthuma dedicada á purissimaconceiçam da Virgem Maria Nossa Senhora. Lisboa: por Valentim da CostaDeslandes, 1710. In-8vo. (21 cm) de [24], 350 pp. - Sermões varios, e tratados, ainda naõ impressos, do grande Padre Antonio Vieyra da Companhia de Jesus: offerecidos á Magestade DelRey D. Joaõ V. Nosso Senhor, pelo p. André de Barros (...) Tomo XV. E de vozes saudosas tomo II. Lisboa: na Officina de Manoel da Sylva, 1748. In-8vo. (21 cm) de [24], 434 pp.



Bom exemplar, encadernações coevas, à excepção do volume XIV.
Primeira edição dos sermões do Padre António Vieira, obra publicada em 15 volumes com vários títulos e datas – entre 1679 e 1748 – colecção completa. Raro conjunto.

Inocêncio 1, 289.



Lote 262. VIEIRA, Pe. António, 1608-1697, S.J. – Historia do futuro. Livro anteprimeyro prologomeno a toda a historia do futuro, em que se declara o fim, & se provaõ os fundamentos della. Materia, verdade, & utilidades da história do futuro. (...) pelo padre António Vieyra... Lisboa Occidental : Na oficina de Antonio Pedrozo Galram, 1718. In-8vo, (21,5 cm) de [36], 379, [1 branca] pp. Enc.

Muito bom exemplar, encadernação coeva inteira de carneira com rótulo e ferros a ouro na lombada.
Primeira edição de um dos mais emblemáticos livros do Quinto Império, pouco vulgar.

Inocêncio 1, 287 : 8, 316.



Lote 265 Virgílio, (70-19 a.C.) – Publius Virgilius Maro. Bucolica, Georgica et Aeneis. Parisiis : in aedibus Palatinis, excudebam P. Didot natu major, 1798, Reip. VI In-fólio (50 cm) de XI, [1], 572 pp. Il. (23 gravuras abertas a cobre). Enc.



Magnífica encadernação, inteira de marroquim encarnado com guardas em seda e dourado à cabeça, assinada Império Graça.



Exemplar numerado, n.º 246 de uma tiragem total de 250, e assinado Didot l’Aîné. Edição de grande aparato gráfico, impressa com os então recentes, e agora famosos caracteres Didot, ilustrada com 23 gravuras, de autores vários, abertas em cobre. Muito bom exemplar, raro.

Brunet 5, 1294.

Aqui fica a minha leitura deste catálogo, como sempre subjectiva pelo meu gosto pessoal, pelo que só com a vossa leitura e consulta atentas do mesmo poderão fazer as vossas opções.

Como poderão verificar, se algumas das obras atingem estimativas que superam largamente a capacidade da grande maioria das nossas bolsas – que se encontram cada vez mais vazias – ainda encontramos livros com interesse em várias temáticas a preços que, apesar de tudo, podemos considerar aceitáveis...boa sorte!

Saudações bibliófilas.



3 comentários:

Sonia Palma disse...

Olá Rui,
Parabéns pelo blog. Excelente!
Somente após alguns meses pude ver seu catálogo de leilão.
Foi vendido o "Lote 261. VIEIRA, Pe. António, 1608-1697, S.J. – Sermoens do P. Antonio Vieira, da Companhia de Jesus." ?
Grata.

rui disse...

Cara Sonia Palma,

Antes de mais o meu obrigado pelo seu elogio ao meu modesto trabalho.

Quanto ao lote 261 foi efectivamente vendido por € 2.600 ("preço de martelo")
As obras do P.e António Vieira têm sempre boa procura, embora me parece um valor aquem daquilo que seria de esperar.

Aliás pode consultar a lista completa dos lotes vendidos, e dos respectivos preços de martelo, se aceder à página da leiloeira e efectuar o seu registo.

O blogue tem estado "mudo" porque estou em reflexão sobre o seu futuro.

Cumprimentos

Jorge disse...

Boa tarde Rui!

Já lhe tinha enviado uma mensagem para saber noticias pois tenho estranhado a ausência.

Da minha parte disponha sempre.

Abraço,
Jorge